Quando temos alguma doença, vamos ao médico para nos tratarmos. Quando a nossa carteira está doente, como devemos proceder?

Ter uma boa saúde financeira é poder gerir o seu orçamento familiar mensal e também conseguir poupar para atividades de lazer e imprevistos que poderão ocorrer ao longo da vida. Contudo, nem sempre conseguimos gerir de forma acertada o orçamento mensal. Os salários não esticam e as despesas parecem acumular-se umas atrás das outras, com os gastos em bens essenciais (água e energia), transportes, televisão, vestuário, escolas, seguros, entre outros. Temos de acrescentar ainda a prestação da casa e outros créditos que tenhamos contraído, que podem ter um grande peso no orçamento familiar.

Além disso, existem alturas mais específicas do ano, como o regresso às aulas, o Natal e as férias, que colocam um peso extra no orçamento familiar, tornando-se um verdadeiro desafio para as famílias não só gerir o orçamento familiar de mês para mês como planear o mesmo para despesas futuras que poderão ocorrer ao longo do ano e também protegermo-nos de imprevistos.

Mesmo para as famílias portuguesas que conseguem poupar ao final do mês, por vezes pode ser difícil poupar para manter o estilo de vida ou fazer face a despesas imprevistas. Mesmo até aquelas que têm poupanças guardadas e queiram investir, muitas vezes não têm as ferramentas ou o conhecimentos necessários para poderem investir de forma consciente.

Se as suas finanças pessoais precisam de ajuda, sugerimos que consulte um consultor financeiro.

Um consultor financeiro é um especialista em Finanças que poderá ajudá-lo a gerir o seu orçamento familiar e a aconselhar ferramentas de poupança e de investimento.

Todos os anos, ou mais do que uma vez por ano, procuramos o nosso médico de família para fazermos um check-up à nossa saúde, com análises e exames de rotina, para assegurarmos que está tudo bem com a nossa saúde. Se faz isso com a sua saúde pode também fazer com a sua carteira. Um check-up financeiro ajuda-o a identificar as dores da sua carteira e olhar para o seu orçamento de uma outra perspectiva. Como muitas famílias não sabem onde gastam o seu dinheiro, um check-up financeiro feito por um profissional ajuda-o a identificar as suas receitas, despesas e créditos associados, mostrando-lhe os momentos do mês em que tem mais ou menos liquidez e programando as despesas que terá mensalmente e também em momentos específicos do ano.

Um consultor financeiro ajuda-o num check-up, com a sua experiência de análise e conhecimento financeiro poderá ainda ajudá-lo a programar e gerir o seu orçamento familiar, identificar despesas em que poderá pagar menos por alguns serviços, programar uma poupança mensal e automática e aconselhá-lo em dicas de investimento e rentabilização de capitais.

Para verificar a saúde da sua carteira, procure um consultor financeiro para poder desde já melhorar as suas finanças pessoais.