A forma como nos movemos e o impacto das emissões de gases com efeito de estufa continuam a ser tema de debate um pouco por todo o mundo. É neste sentido que a empresa SeaBubbles está a criar uma forma de as pessoas se movimentarem pelas cidades de forma ecológica e, ao mesmo tempo, evitar o tráfego nas grandes cidades.

Já a partir do próximo ano, no Rio Sena, em Paris, irão surgir um novo tipo de táxi. Em vez de se movimentar em estradas, estes novos veículos serão aquáticos, ecológicos, silenciosos e acessíveis ao cidadão comum.

A empresa já tem vindo a fazer testes em várias cidades do mundo, como Amesterdão e Miami no decorrer deste ano e estão agora na sua fase final em Paris. De acordo com uma publicação no Gvwire, os técnicos da empresa estão a terminar o protótipo final, sendo este um barco elétrico branco, em forma de bolha.

Os barcos podem acomodar até quatro passageiros e são, segundo a empresa, muito silenciosos. Caso os testes sejam bem sucedidos e aprovados, os parisienses - e visitantes da capital francesa - poderão começar a utilizar este tipo de veículo já em 2020.

Os SeaBubbles poderão ser solicitados através de uma aplicação, à semelhança do que ocorre atualmente com serviços como a Uber e a sua expansão dependerá do sucesso do projeto na capital francesa.

“Se comparar com um barco de tamanho semelhante mas a motor, ele custa 30, 40, 50 euros por hora só em combustível. Este vai custar 3€”, adianta Anders Bringdal, CEO da empresa, sem especificar, no entanto, o valor final das viagens.

A SeaBubbles afirma que pretende ser uma alternativa nas cidades onde a acumulação de tráfego é um problema grave, sublinhando frisa que táxi tem de ser economicamente mais acessível.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.