• Páscoa (mais) saudável

    A seguir às festividades natalícias, é um dos períodos do ano com mais tentações gastronómicas. Se não resiste a ovos, amêndoas e folares, damos-lhe ideias para celebrar a quadra sem engordar.

    Melhore a sua concentração com estas 7 estratégias

    Dificuldade de concentração? Sigas estas dicas e aumente o seu rendimento

  • Ser otismista numa família de “corvos”

    Se o leitor é um sobrevivente de uma família de “corvos” aprendeu a lutar pelos seus sonhos

    Risoterapia, a técnica que ajuda a libertar o nosso anti-depressivo natural

    A risoterapia é uma técnica psicoterapêutica que produz benefícios mentais, físicos e emocionais a partir do riso. É na libertação da serotonina que está o segredo. Conversámos com Sabrina Tacconi, risoterapeuta, para conhecer melhor este tipo de terapia.

  • Podem a hiperatividade e o défice de atenção trazer vantagens?

    É muito frequente que vários de um grupo de irmãos cumpram os critérios da perturbação, assim como é comum ouvir os pais (não diagnosticados) das crianças com PHDA dizerem “eu era tal e qual como ele é” ou “se eu tivesse tido nesta idade o tratamento que ele está a ter agora as coisas podiam correr muito melhor”.

  • Língua presa: sabe como detetar este problema?

    Esta é uma doença que afeta várias crianças, que para além de problemas de fala, poderão também, enfrentar problemas de socialização. Descubra quais os tratamentos desta doença e como detetá-la, para que possa agir rapidamente.

  • A vida continua...

    Por norma, temos a tendência para complicar a vida...

  • O que os sinais revelam sobre a sua personalidade

    Por muito estranho que possa parecer, existem certas características que revelam a personalidade de cada um e essas, podem simplesmente estar associadas a determinados sinais em várias zonas.

  • Somos todos mentirosos?

    Cada pessoa mente, em média, uma a duas vezes, por dia. Mais do que esperteza, mentir é sinal de inteligência. Ian Leslie, especialista no assunto, explica porquê.

  • Liberte as suas emoções

    Reprimir as suas ações mais espontâneas pode estar a afetar o seu equilíbrio psíquico e emocional mas também a sua saúde física.

  • Torne-se mais calma e produtiva

    Nem sempre é fácil lidar com a maturidade, mas se souber a forma correta de o fazer vai ver que tomar as rédeas da sua vida, é muito mais fácil.

  • 5 mentiras sobre a felicidade

    Andamos todos atrás dela mas, muitas vezes, parece que ela nos foge. E muitas das coisas que achamos que nos vão fazer felizes nem sempre o fazem. Descubra uma série de ideias que a ciência diz serem falsas.

    8 formas de apanhar um mentiroso

    Seja um autêntico detetor de mentiras com estas dicas

  • Aprende-se mesmo com os erros?

    Porque é que errar é tão importante? As respostas dadas por uma especialista no assunto que tem vindo a promover o conceito de wrongology, uma nova corrente de pensamento.

  • Um vício chamado compras

    Quando falamos de consumismo, a fronteira entre o normal e o patológico parece ser muito ténue. De que lado se encontra? Veja também os conselhos do psicólogo clínico Vítor Rodrigues.

  • Porque discutimos no Facebook?

    Muitas pessoas escondem-se por detrás do ecrã do computador ou do smartphone para dizer aquilo que nem sempre tem coragem de dizer frente a frente.

    11 coisas que temos tendência a perder

    Se é daquelas pessoas que anda sempre à procura do comando da televisão, telemóvel ou da chaves de casa, não se preocupe! Estes objetos encontram-se na lista daqueles que mais se perdem.

  • Sabe porque perde tanto tempo no facebook?

    Quer ir só dar um olhinho nas redes sociais e quando se apercebe já passou mais de 1 hora naquilo... Pesquisadores descobriram que sentimos um verdadeiro ‘lapso temporal’ quando entramos nas redes sociais. Descubra o motivo.

    É possível ter uma memória de elefante? Basta treinar, diz estudo

    A capacidade de realizar proezas com a memória, como recordar uma lista de várias dezenas de palavras, pode ser treinada e perdurar, revela um estudo publicado esta quarta-feira (08/03) na revista Neuron.

    As redes sociais podem aumentar a sensação de solidão

    Contrariamente ao que se pensava, as rede sociais estão a fazer com que o ser humano se sinta mais sozinho, aponta um estudo realizado por psicólogos norte-americanos.

  • O mundo está cansado e sem energia?

    A exaustão sempre existiu e nem este século é o mais cansativo de sempre, mas cada vez mais é fundamental que se aprenda a colocar um freio.

  • Sabe o que é uma pank?

    O fenómeno das tias sem crianças que dedicam o tempo livre aos sobrinhos. Uma realidade dos tempos que correm que potencia uma experiência interrelacional alargada.

  • Não deixe que seja a sua ansiedade a comer

    Situações stressantes, ansiedade, decepção, entre outros podem estar na origem de comer compulsivamente.

  • Portugueses preferem o telemóvel ao carro

    Portugal é o país europeu onde se regista o mais elevado nível de ligação ao telemóvel: 7.0 valores, numa escala de 1 a 10, superando a sua ligação ao automóvel (6.8 valores).

  • Que utilidade podem ter dos desafios da vida?

    Embora na maioria das vezes, não consigamos entender o sentido maior do que atraímos, e do nos acontece, é imprescindível alcançar cada vez mais uma compreensão maior sobre a vida.

  • A sogra está em vias de extinção?

    Dramas familiares, que também envolvem as crianças, sucedem-se sobretudo ao longo do ano. Entrevista a Aldo Naouri, o médico que analisou as relações entre pais, cônjuges e filhos para lá dos clichés.

  • É capaz de se colocar no lugar do outro?

    As histórias de amor, as amizades improváveis e as carreiras de sucesso começam com a empatia. Se não for aplicada, pode afetar as nossas relações. Saiba como.

  • Elimine com gratidão tudo o que já não lhe é útil

    Devemos eliminar com regularidade todos os objetos estagnados da nossa vida.

  • Aprenda a ultrapassar tempos difíceis sem precisar de outras pessoas

    Sugerimos três maneiras de ultrapassar, da melhor forma, os contratempos, sem depender da ajuda de outras pessoas.

  • O vício de fazer compras só pelo prazer do consumo

    Na atualidade, a tendência saltou da questão que colocava na balança o ato de comprar ou não comprar para a necessidade de comprar de forma inteligente ou não comprar de todo.

  • Quanto tempo posso estar a trabalhar de forma ininterrupta ao computador?

    Um crescente número de portugueses passa mais de oito horas por dia com os olhos postos num ecrã. Um médico oftalmologista ajuda a prevenir problemas de visão.

  • Potencialize a sua concentração com o método Pomodoro

    Entenda o que é e como consegue aumentar a produtividade se souber passo a passo como esta técnica funciona.

  • Viver com más condições socioeconómicas tira anos de vida, conclui estudo

    Viver em condições socioeconómicas más provoca a perda de dois anos de vida, quase tanto quanto o sedentarismo, segundo um estudo divulgado esta quarta-feira (01/02) pela revista médica britânica The Lancet.

  • Mude já de atitude

    Por vezes basta agir ou pensar de outra forma para se poder encarar um velho problema ou outra coisa qualquer com outra visão.

  • Quer ganhar uma discussão com uma perna às costas? Eis o que precisa fazer

    Toda a gente discute: uns por coisas banais, outros por motivos mais graves. E a verdade é que, independentemente do assunto em causa, todas as partes envolvidas querem o mesmo: ter razão e ganhar a discussão. O jornal El País esteve à conversa com vários especialistas que dizem o que tem de fazer para sair vitorioso de um argumento.

  • Saiba o que precisa mesmo fazer este ano

    Embora já estejamos no final de janeiro, é importante que comece a colocar em prática tudo aquilo que ficou no papel durante o ano passado. Descubra as nossas sugestões e coloque as mãos à obra.

    Aprenda a concentrar-se

    Sente que não se consegue concentrar por mais de 5 minutos? Saiba que com algumas dicas pode melhorar e muito a sua capacidade de concentração, por isso foque-se neste artigo e descubra como.

  • 5 características de inteligência emocional

    Este é um conceito que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles. Veja se já põe em prática estes exercícios.

  • 7 coisas que pode fazer para mudar a sua vida

    Insatisfeito com o rumo do seu quotidiano? Dois autores norte-americanos sugerem um conjunto de ações que podem imprimir a mudança que necessita.

  • A criatividade treina-se

    Sem ela, nada de novo acontece. Tendemos à monotonia e à repetição. Felizmente, é possível desenvolvê-la através de exercícios simples e aprender com quem faz dela profissão.

  • Sinais que revelam que afinal não tem assim tanta autoconfiança

    O facto de mostrar aos outros que é superior, mais forte e mais inteligente, não quer dizer que seja verdade e na maior parte dos casos é só uma maneira de camuflar as suas inseguranças e medos.

  • Isto é o que vai descobrir no seu casamento

    Dizem que o primeiro ano de casados é o mais importante, é aquele em que vão fazer várias descobertas e aprender a viver em conjunto.

  • Porque agradecemos com “obrigado”?

    Thank you, Merci, Grazie, Obrigado! Hoje assinala-se o Dia Internacional do Obrigado. Já agradeceu a alguém hoje?

  • Exercitar-se só aos fins de semana pode ser tão benéfico como fazê-lo diariamente

    As pessoas que se exercitam principalmente aos finais de semana podem retirar grandes benefícios da atividade física, tanto quanto as pessoas que fazem atividades físicas mais regularmente, conclui um novo estudo.

  • Sobre ambição

    Gosto da palavra ambição. Tem força. Gosto ainda mais quando tem propósito. Quando tem direcção. Quando não é apenas uma sede desmesurada, de tudo e mais alguma coisa.

  • Maioria das pessoas quer sair das redes sociais, mas tem medo de perder os amigos

    Investigação conduzida pela empresa de desenvolvimento Kaspersky Lab concluiu que a grande maioria das pessoas quer abandonar as redes sociais, principalmente porque as consideram uma perda de tempo.

  • 5 hábitos a adotar em 2017

    Segundo consta, 2017 vai ser um ano de mudança. Supostamente haverá um género de revolução nas nossas vidas e, inevitavelmente, a necessidade de mudar.

  • Ser feliz é um hábito

    Defina este como o objetivo número um para 2017.

  • Quer começar bem o ano? Pense nestas questões

    Todos os anos a esperança de um novo ano, melhor que o anterior, é renovada com festejos e entusiasmo junto daqueles que mais gostamos.

    Deixe o pessimismo de lado

    Acabe com estas atitudes negativas no seu trabalho e torne-se um profissional cheio de sucesso e positivismo. Descubra como.

  • Pare de olhar para o telemóvel dele

    Invasão de privacidade é das piores coisas que se podem fazer e no caso do seu parceiro isso pode mesmo acabar com a sua relação. Pare e descubra os motivos para não o fazer.

  • Mantenha o espírito de férias o ano inteiro

    Os bons momentos, a alegria, a diversão e o espírito leve que vivemos nos períodos de lazer podem ser prolongados pelos 12 meses. Três especialistas nacionais explicam como!

  • Deixe estas resoluções de lado

    Com o ano novo à porta segue-se o ritual de pedir os desejos às doze badaladas e fazer resoluções. No entanto, a maioria destas não são cumpridas.

  • Prós e contras das redes sociais

    Numa altura que as redes sociais são cada vez mais importantes é necessário saber encontrar um equilíbrio entre os seus prós e os contras.

  • O que o seu telefone diz sobre a sua personalidade?

    Tem um iPhone ou Android? Sabia que esta escolhe pode refletir o seu estado de espírito? Uma pesquisa afirma que dá para prever a sua personalidade pelo aparelho que tem nas mãos.

  • Sete erros que deve evitar para ter energia para o dia inteiro

    Sente-se sempre sem energia? Saiba que há vários erros que pode estar a cometer ao acordar que o levam a ter um dia menos produtivo. Saiba quais são e pare de os fazer.

  • O ciúme é o traço de personalidade mais comum

    A garantia é dada por um estudo internacional. Mas há quem procure combater o problema. É o seu caso? O psicólogo clínico Fernando Magalhães diz o que fazer!

  • Hábitos de prevenção e apoio da família são essenciais para combater obesidade

    A prevenção e o envolvimento da família no tratamento são a chave no combate ao excesso de peso e obesidade na idade pediátrica, ideia defendida esta sexta-feira (16/12) nas Jornadas de Pediatria que decorrem em Leiria.

    15 regras para atingir o sucesso

    Quer ser uma pessoa mais bem sucedida na vida? Hoje deixamos-lhe algumas regras que deve seguir atingir este objetivo

  • Sobre a Comunicação

    Afinal a comunicação é feita do quê?