• Estudo mostra relação entre bullying e problemas de comportamento alimentar

    Experiências de bullying na adolescência e perceções de inferioridade poderão estar na base de uma relação conflituosa com a alimentação e com a imagem corporal, podendo levar à obesidade e a patologias associadas como a depressão, revela um estudo sem precedentes que envolveu 609 adolescentes do sexo feminino, 5475 mulheres adultas e 335 homens.

  • Contar pelos dedos faz bem e recomenda-se na aprendizagem da Matemática

    O seu filho já não precisa de esconder as mãos por debaixo da mesa quando está a fazer o TPC de Matemática. Contar pelos dedos, de acordo com um novo estudo, é benéfico na aprendizagem da Matemática por alunos da primária, comparativamente com outros métodos ensinados em sala de aula.

  • Curiosidades da memória

    Há quem se lembre de tudo e há quem se recorde de pouco. Fique a saber algumas curiosidades acerca da memória.

    Portugueses criam óculos virtuais que ajudam a superar medo de andar de avião

    Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S).

  • 10 mandamentos para viver melhor

    Aceitar a sua individualidade, equilibrar a sua vida pessoal e profissional, entre outros, são alguns princípios que todas as pessoas deviam ter sempre presente.

  • Viaje sozinha!

    Viajar sozinha pode revelar-se uma aventura única e inesquecível. Prepare-se e comece já a pensar na próxima viagem com a ajuda das nossas dicas.

  • Viajar com pouca bagagem? Sim, é possível!

    Agora já não precisa de se preocupar em viajar com pouca bagagem, dê uma vista de olhos nas nossas dicas e aprenda a levar apenas o essencial e ainda ter espaço para trazer presentes.

  • Seja mais carismático

    Quer na vida pessoal quer profissional será uma característica que será sempre uma mais-valia. Saber seduzir ou criar algum tipo de fascínio nos outros irá permitir-lhe uma maior influência junto dos outros.

  • Adote estes hábitos e melhore a sua inteligência emocional

    Os benefícios vão desde as suas relações pessoais às profissionais, por isso fique conhecido por ser uma pessoa com a qual se gosta de estar e conversar e um profissional tolerante, resiliente e empático.

  • Tenho dificuldade em tomar decisões. Como posso inverter esta situação?

    Fernando Magalhães, psicólogo clínico no Centro Clínico e Educacional da Boavista, no Porto, explica o que pode fazer para facilitar qualquer processo de tomada de decisão.

  • Quando a angústia da perfeição interfere com aquilo que (não) somos

    É gerada pelo medo de desiludir o outro, de sermos excluídos, de não sermos amados e de não sermos reconhecidos. Mas estamos sempre a tempo de mudar tudo isso…

  • 3 emoções boas que nos podem salvar

    Pessoas tóxicas e comportamentos negativistas geram ondas de pessimismo que podem ser prejudiciais. Teresa Marta, especialista em bem-estar, explica o que pode fazer para o contrariar.

  • Transtorno Bipolar, sabe o que é?

    É uma doença do foro psiquiátrico caraterizada por variações acentuadas de humor.

  • Dormia com um urso de peluche em criança? Saiba as implicações que os hábitos de infância trazem para a vida adulta

    Uma marca de colchões americana realizou um estudo, intitulado "Bedtime Companions", com o objetivo de saber quais os companheiros de sono preferidos dos adultos em criança, e quais as implicações que esse hábito pode trazer, mais tarde, nas rotinas de sono.

    Pessoas preferem cientistas atraentes, mas consideram os feios mais inteligentes

    As pessoas procuram, em geral, saber mais sobre o trabalho científico de investigadores fisicamente mais atraentes, mas os seus colegas de trabalho menos bonitos são considerados mais inteligentes, revela um estudo publicado na segunda-feira.

  • As coisas que os homens fazem e que não lembram a mais ninguém

    Pensava que sabia tudo sobre o seu pai, irmão, amigo ou parceiro? Então veja estes cinco estudos científicos. Uns confirmarão as suas suspeitas. Outros irão surpreendê-lo!

    Europeus são os que mais se suicidam

    Catorze em cada 100.000 europeus suicidaram-se em 2015, a taxa mais elevada do mundo, indica um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS) hoje divulgado.

  • É uma pessoa nomofóbica?

    Cada vez mais, o mundo está nas mãos da tecnologia e por isso, é mais difícil conseguir manter-se longe dos aparelhos eletrónicos e mais concretamente, dos telemóveis.

  • Tem medo de viajar de avião? Então este curso é para si

    Apesar de o avião ser o meio de transporte mais rápido, mais seguro e mais utilizado para longas distâncias, 4 em cada 10 pessoas apresentam ansiedade de voo.

  • Melhore o seu dia

    Nem sempre o dia corre de feição e por vezes nem sequer é por algo que tenha acontecido. Saiba como pode contornar um dia menos bom.

  • Páscoa (mais) saudável

    A seguir às festividades natalícias, é um dos períodos do ano com mais tentações gastronómicas. Se não resiste a ovos, amêndoas e folares, damos-lhe ideias para celebrar a quadra sem engordar.

    Melhore a sua concentração com estas 7 estratégias

    Dificuldade de concentração? Sigas estas dicas e aumente o seu rendimento

  • Ser otismista numa família de “corvos”

    Se o leitor é um sobrevivente de uma família de “corvos” aprendeu a lutar pelos seus sonhos

    Risoterapia, a técnica que ajuda a libertar o nosso anti-depressivo natural

    A risoterapia é uma técnica psicoterapêutica que produz benefícios mentais, físicos e emocionais a partir do riso. É na libertação da serotonina que está o segredo. Conversámos com Sabrina Tacconi, risoterapeuta, para conhecer melhor este tipo de terapia.

  • Podem a hiperatividade e o défice de atenção trazer vantagens?

    É muito frequente que vários de um grupo de irmãos cumpram os critérios da perturbação, assim como é comum ouvir os pais (não diagnosticados) das crianças com PHDA dizerem “eu era tal e qual como ele é” ou “se eu tivesse tido nesta idade o tratamento que ele está a ter agora as coisas podiam correr muito melhor”.

  • Língua presa: sabe como detetar este problema?

    Esta é uma doença que afeta várias crianças, que para além de problemas de fala, poderão também, enfrentar problemas de socialização. Descubra quais os tratamentos desta doença e como detetá-la, para que possa agir rapidamente.

  • A vida continua...

    Por norma, temos a tendência para complicar a vida...

  • O que os sinais revelam sobre a sua personalidade

    Por muito estranho que possa parecer, existem certas características que revelam a personalidade de cada um e essas, podem simplesmente estar associadas a determinados sinais em várias zonas.

  • Somos todos mentirosos?

    Cada pessoa mente, em média, uma a duas vezes, por dia. Mais do que esperteza, mentir é sinal de inteligência. Ian Leslie, especialista no assunto, explica porquê.

  • Liberte as suas emoções

    Reprimir as suas ações mais espontâneas pode estar a afetar o seu equilíbrio psíquico e emocional mas também a sua saúde física.

  • Torne-se mais calma e produtiva

    Nem sempre é fácil lidar com a maturidade, mas se souber a forma correta de o fazer vai ver que tomar as rédeas da sua vida, é muito mais fácil.

  • 5 mentiras sobre a felicidade

    Andamos todos atrás dela mas, muitas vezes, parece que ela nos foge. E muitas das coisas que achamos que nos vão fazer felizes nem sempre o fazem. Descubra uma série de ideias que a ciência diz serem falsas.

    8 formas de apanhar um mentiroso

    Seja um autêntico detetor de mentiras com estas dicas

  • Aprende-se mesmo com os erros?

    Porque é que errar é tão importante? As respostas dadas por uma especialista no assunto que tem vindo a promover o conceito de wrongology, uma nova corrente de pensamento.

  • Um vício chamado compras

    Quando falamos de consumismo, a fronteira entre o normal e o patológico parece ser muito ténue. De que lado se encontra? Veja também os conselhos do psicólogo clínico Vítor Rodrigues.

  • Porque discutimos no Facebook?

    Muitas pessoas escondem-se por detrás do ecrã do computador ou do smartphone para dizer aquilo que nem sempre tem coragem de dizer frente a frente.

    11 coisas que temos tendência a perder

    Se é daquelas pessoas que anda sempre à procura do comando da televisão, telemóvel ou da chaves de casa, não se preocupe! Estes objetos encontram-se na lista daqueles que mais se perdem.

  • Sabe porque perde tanto tempo no facebook?

    Quer ir só dar um olhinho nas redes sociais e quando se apercebe já passou mais de 1 hora naquilo... Pesquisadores descobriram que sentimos um verdadeiro ‘lapso temporal’ quando entramos nas redes sociais. Descubra o motivo.

    É possível ter uma memória de elefante? Basta treinar, diz estudo

    A capacidade de realizar proezas com a memória, como recordar uma lista de várias dezenas de palavras, pode ser treinada e perdurar, revela um estudo publicado esta quarta-feira (08/03) na revista Neuron.

    As redes sociais podem aumentar a sensação de solidão

    Contrariamente ao que se pensava, as rede sociais estão a fazer com que o ser humano se sinta mais sozinho, aponta um estudo realizado por psicólogos norte-americanos.

  • O mundo está cansado e sem energia?

    A exaustão sempre existiu e nem este século é o mais cansativo de sempre, mas cada vez mais é fundamental que se aprenda a colocar um freio.

  • Sabe o que é uma pank?

    O fenómeno das tias sem crianças que dedicam o tempo livre aos sobrinhos. Uma realidade dos tempos que correm que potencia uma experiência interrelacional alargada.

  • Não deixe que seja a sua ansiedade a comer

    Situações stressantes, ansiedade, decepção, entre outros podem estar na origem de comer compulsivamente.

  • Portugueses preferem o telemóvel ao carro

    Portugal é o país europeu onde se regista o mais elevado nível de ligação ao telemóvel: 7.0 valores, numa escala de 1 a 10, superando a sua ligação ao automóvel (6.8 valores).

  • Que utilidade podem ter dos desafios da vida?

    Embora na maioria das vezes, não consigamos entender o sentido maior do que atraímos, e do nos acontece, é imprescindível alcançar cada vez mais uma compreensão maior sobre a vida.

  • A sogra está em vias de extinção?

    Dramas familiares, que também envolvem as crianças, sucedem-se sobretudo ao longo do ano. Entrevista a Aldo Naouri, o médico que analisou as relações entre pais, cônjuges e filhos para lá dos clichés.

  • É capaz de se colocar no lugar do outro?

    As histórias de amor, as amizades improváveis e as carreiras de sucesso começam com a empatia. Se não for aplicada, pode afetar as nossas relações. Saiba como.

  • Elimine com gratidão tudo o que já não lhe é útil

    Devemos eliminar com regularidade todos os objetos estagnados da nossa vida.

  • Aprenda a ultrapassar tempos difíceis sem precisar de outras pessoas

    Sugerimos três maneiras de ultrapassar, da melhor forma, os contratempos, sem depender da ajuda de outras pessoas.

  • O vício de fazer compras só pelo prazer do consumo

    Na atualidade, a tendência saltou da questão que colocava na balança o ato de comprar ou não comprar para a necessidade de comprar de forma inteligente ou não comprar de todo.

  • Quanto tempo posso estar a trabalhar de forma ininterrupta ao computador?

    Um crescente número de portugueses passa mais de oito horas por dia com os olhos postos num ecrã. Um médico oftalmologista ajuda a prevenir problemas de visão.

  • Potencialize a sua concentração com o método Pomodoro

    Entenda o que é e como consegue aumentar a produtividade se souber passo a passo como esta técnica funciona.

  • Viver com más condições socioeconómicas tira anos de vida, conclui estudo

    Viver em condições socioeconómicas más provoca a perda de dois anos de vida, quase tanto quanto o sedentarismo, segundo um estudo divulgado esta quarta-feira (01/02) pela revista médica britânica The Lancet.

  • Mude já de atitude

    Por vezes basta agir ou pensar de outra forma para se poder encarar um velho problema ou outra coisa qualquer com outra visão.

  • Quer ganhar uma discussão com uma perna às costas? Eis o que precisa fazer

    Toda a gente discute: uns por coisas banais, outros por motivos mais graves. E a verdade é que, independentemente do assunto em causa, todas as partes envolvidas querem o mesmo: ter razão e ganhar a discussão. O jornal El País esteve à conversa com vários especialistas que dizem o que tem de fazer para sair vitorioso de um argumento.

  • Saiba o que precisa mesmo fazer este ano

    Embora já estejamos no final de janeiro, é importante que comece a colocar em prática tudo aquilo que ficou no papel durante o ano passado. Descubra as nossas sugestões e coloque as mãos à obra.

    Aprenda a concentrar-se

    Sente que não se consegue concentrar por mais de 5 minutos? Saiba que com algumas dicas pode melhorar e muito a sua capacidade de concentração, por isso foque-se neste artigo e descubra como.

  • 5 características de inteligência emocional

    Este é um conceito que descreve a capacidade de reconhecer e avaliar os seus próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles. Veja se já põe em prática estes exercícios.

  • 7 coisas que pode fazer para mudar a sua vida

    Insatisfeito com o rumo do seu quotidiano? Dois autores norte-americanos sugerem um conjunto de ações que podem imprimir a mudança que necessita.

  • A criatividade treina-se

    Sem ela, nada de novo acontece. Tendemos à monotonia e à repetição. Felizmente, é possível desenvolvê-la através de exercícios simples e aprender com quem faz dela profissão.