Quando apanham os filhos a mexer no nariz, os pais dizem-lhes para parar porque é pouco higiénico e até embaraçoso, mas a maioria pensa que o hábito é relativamente inofensivo. No entanto, um novo estudo adverte que pode ajudar a propagar uma bactéria perigosa que provoca pneumonias.

A investigação, publicada no European Respiratory Journal, mostra que a transmissão da pneumonia pode ocorrer através do contato entre o nariz e as mãos quando expostas à bactéria.
Os investigadores descobriram ainda que a bactéria se espalha ao mesmo ritmo em ambiente seco ou húmido.

Para os pais, a descoberta é importante e pode ser particularmente delicada se as crianças estiverem em contato com parentes idosos ou com sistemas imunitários mais fragilizados, sublinhou a investigadora principal do estudo, Victoria Connor, do Royal Liverpool Hospital. “Nestas situações, garantir a boa higiene das mãos e a limpeza de brinquedos ou superfícies ajuda a reduzir a transmissão e o risco de contrair infeções pneumocócicas, como a pneumonia”, acrescentou.

A pneumonia é uma das principais causas de morte em todo o mundo e estima-se que seja responsável por 1,3 milhões de óbitos anuais em crianças até aos 5 anos.

Mesmo que seja complicado impedir os mais novos de manterem este hábito desagradável, os especialistas têm alguns conselhos simples que podem travar a propagação das bactérias mortais: manter as mãos e brinquedos limpos, inclusivamente usando alguns lenços antibacterianos ou gel.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.