29Muitas pessoas pensam que negociar as condições para aumentarem o salário consiste apenas em pedir mais dinheiro, quando na realidade, se trata de fazer uma reflexão entre o que se oferece à empresa e o que se recebe em troca.

Se o resultado desta reflexão for negativo para a pessoa, significa que está na altura de negociar o aumento da remuneração. Quando se chega a esta conclusão, e com a convicção clara para dar o passo para negociar com as chefias o aumento, é importante articular bem o discurso e o poder de argumentação, saber quais as condições gerais do setor e defender a valorização pessoal da forma mais objetiva possível.

No entanto, por muito que estejamos convencidos de merecer este aumento, a perspetiva perante esta conversa, gera frequentemente alguma ansiedade e stress. Para ser bem-sucedido no processo de negociação e reduzir o risco de ansiedade, sugerem-se as seguintes recomendações:

1. Informar-se sobre as condições salariais de perfis e setores profissionais idênticos

A função que se desempenha e o setor de atividade no qual se desenvolve determinada profissão não tem necessariamente de condicionar o aumento, mas as tendências do mercado sem dúvida que influenciam. É fundamental obter esta informação e utilizá-la como um argumento para a negociação.

De uma forma geral, os perfis estratégicos são os que têm mais probabilidades de conseguir um aumento de salário. É o caso, por exemplo, dos profissionais que trabalham no departamento de Marketing, Finanças ou Vendas, ou de perfis muito procurados pelo mercado, como técnicos ou engenheiros.

João Mota, consultor na Michael Page
João Mota, consultor na Michael Page créditos: Direitos Reservados

2. Procure o momento ideal para abordar o tema

A maioria das empresas tem procedimentos definidos para rever os salários dos seus colaboradores, como um período estipulado (final ou início do ano) ou associado a objetivos de avaliação de desempenho que possam conduzir a uma promoção profissional. Neste contexto, o tema da negociação não deve ser abordado aproveitando uma reunião qualquer ou um encontro informal. Para que a conversa seja bem-sucedida tem de se avaliar muito bem o momento certo.

É preferível que se procure um contexto formal para desenvolver esta conversa. Pode-se aproveitar uma situação relacionada com uma avaliação pessoal ou organização de uma reunião com o responsável para tratar o tema em questão.

3. Avaliar o momento em que se encontra a empresa

É muito importante analisar o contexto económico em que se encontra a empresa para ter fundamento para poder negociar as condições. Lembre-se que as expectativas pessoais devem ser coerentes com os resultados e a situação da empresa. Assim, quando uma empresa não está a passar por uma boa situação financeira, não é o melhor momento para pedir uma melhoria das condições salariais.

Neste sentido, procurar alternativas ao aumento salarial, como uma remuneração em espécie (tickets alimentação, seguro de saúde, apoio na formação e transportes) ou através de prémios especiais indexados a objetivos, pode ser uma boa opção.

4. Comunicar adequadamente os êxitos que se alcançam na empresa

Porque considera que merece um aumento de salário? Reúna todos os êxitos e objetivos que tem alcançado a nível profissional. Este será o melhor argumento para se conseguir atingir a meta. Lembre-se que o equilíbrio é fundamental e pode ser tão negativo expressar-se de forma exagerada como também ser demasiado modesto. Uma atitude demasiado humilde pode não conseguir mostrar o valor, por outro lado, a exuberância no discurso pode não parecer credível.

Desta forma, no momento de expor os marcos atingidos, é importante encontrar um equilíbrio para transmitir, de modo realista e com objetividade, todo o esforço realizado. E, de preferência que a abordagem seja construtiva, referindo a motivação, o entusiasmo e desafio no desenvolvimento do trabalho, evitando assim, reduzir o tema da conversa a uma simples questão monetária.

5. Evitar mencionar o salário ou condições dos colegas de trabalho

Tendo em conta que pedir um aumento de salário é algo pessoal e que se mede com base nos resultados profissionais de forma individual, não é aconselhável falar sobre a situação salarial dos colegas, até porque essa informação é confidencial.

É preferível consultar a remuneração praticada no mercado para funções idênticas, dados que poderão dar uma visão global da situação e conduzir a uma comparação objetiva e fidedigna. Além disso, esta informação irá reforçar a consistência do discurso, mostrando conhecimento sobre a situação e justificando o pedido de aumento salarial como sendo coerente e razoável.

6. Ter em consideração elementos que possam reforçar o pacote salarial

Cada vez mais são incluídos novos elementos que complementam o salário fixo e variável. Trata-se de melhorias substanciais que vão mais além que o dinheiro e que enriquecem o pacote salarial. Os mais comuns são a chamada retribuição flexível, como os tickets restaurante, acesso a formação especializada, seguros de saúde ou de vida, carro de empresa, serviços relacionados com a saúde e bem-estar, descontos parciais em ginásios ou opções de mobilidade no trabalho que permitem maior conciliação com a vida pessoal.

Concluindo, a revisão do salário deve ser feita no momento adequado, com argumentação objetiva e critérios válidos que justifiquem o aumento, e mostrando flexibilidade para negociar e aceitar formas complementares de remuneração monetária que contribuam para o reforço do pacote salarial.

Os conselhos são de João Mota, consultor na Michael Page, uma empresa de recrutamento especializado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.